A Forma da Água - The Shape of Water

Essa historia acontece um pouco antes do governo americano afirmar ter viajado à lua. Uma fantasia puxa a outra e chegamos a nossa romântica e carente heroina muda cujo passado a ligava com a água por algum motivo desconhecido. A água estava em seus sonhos e em seus prazeres. Elisa era uma moça simples, com poucos amigos, que trabalhava fazendo limpeza num laboratório militar durante o turno da noite.
a forma da água, the shape of water, anfibio, criatura marinha
Numa certa noite o laboratório recebe uma nova equipe e uma nova forma - uma criatura anfíbia com forma humana. Na noite seguinte Elisa conhece o chefe de seguranca da equipe. Ele tinha uma arma de choque ensanguentada. Mais tarde ouve gritos num corredor - o chefe de seguranca foi ferido pela criatura e perdeu dois dedos da mão esquerda. Elisa e sua colega negra Zelda são chamadas para limpar o sangue espalhado pelo local e encontram os dois dedos. A amiga sai para chamar ajuda e nesse momento Elisa visualiza o corpo da criatura se movimentando dentro de um tanque transparente.

Apesar do ataque violento Elisa fica interessada na criatura e na terceira noite vai até outro tanque onde o anfíbio está submerso e preso por uma corrente e mostra seus dotes culinários o alimentando com ovos cozidos. Elisa e Zelda são chamadas a sala do chefe de seguranca e ficam sabendo que os dedos foram implantados e que a criatura foi capturada na Amazônia. O chefe percebe marcas no pescoço de Elisa e as considera o motivo por sua mudez. O chefe diz que a criatura não é humana pois ter pernas e braços não faz dela a imagem de Deus.

Elisa passa a fazer o lanche junto aos tanque enquanto alimenta a criatura ao som de música romântica. A criatura tenta se comunicar com sons mas os dois se entendem mesmo através de gestos. Na banheira de casa Elisa relembra os momentos românticos e fantasia o futuro. Zelda percebe algo de diferente na amiga. Paralelamente a isso, russos tem interesse em extrair e se apossar da criatura.

Numa dessas incursões românticas Elisa encontra a criatura machucada e presa fora do tanque sendo torturada pelo chefe de seguranca. Elisa percebe que os militares querem matá-la para estudar por dentro e elabora um plano de resgate. Para isso ela se abre com o velho amigo gay Giles e o convence a ajudar. Os russos tomam conhecimento da iminente dissecação e pensam em injetar algo na criatura que impeça os americanos de estudá-la. Elisa planeja aproveitar a troca de turno para levar a criatura numa van dirigida pelo amigo.

O chefe de seguranca assedia Elisa. O cientista russo prepara a injeção. Elisa muda a posição das câmeras. O cientista descobre o plano de fuga e a ajuda. Zelda encontra Elisa levando a criatura escondida num carinho de toalhas molhadas. O chefe de seguranca vê a van na portaria e desconfia. O guarda desconfia de Giles. Um dispositivo explode e corta a energia elétrica. O cientista ataca o guarda. Zelda ajuda Elisa. O chefe de seguranca chega e começa a atirar na van. A fuga acontece.

A criatura é colocada na banheira da casa de Elisa até que o canal que se liga ao oceano seja aberto em alguns dias. Elisa e Zelda tentam manter a normalidade no trabalho enquanto a chefia inicia a investigacao cogitando que o ataque foi feitos por forças especiais implacáveis e altamente treinadas. Na casa de Elisa, Giles faz companhia mas acaba dormindo. Quando acorda encontra a criatura na sala degustando um dos gatos ds casa. A criatura de assusta e ao fugir arranha sem querer o braço do velho, que fica sangrando.

Elisa chega em casa, toma conhecimento do ocorrido, sai à procura da criatura e a encontra assistindo um filme no cinema que funciona no andar de baixo. Já em casa a criatura faz um carinho na cabeça de Giles e toca na ferida por alguns segundos. Elisa leva a criatura para a banheira e após alguns olhares insinuantes e alguns toques, a criatura começa a emitir luzes azuis, o clima esquenta e os dois acabam pelados na banheira. No dia seguinte Zelda percebe a euforia de Elisa e acaba sabendo o que rolou no dia anterior. Elisa contou os detalhes e Zelda considerou o evento como algo natural entre duas criaturas que se querem.

Em casa, Elisa prepara a banheira quando tem a ideia de ampliar a experiência. Ela veda a porta com toalhas e deixa a água escorrer da pia inundando o banheiro para que os dois possam aproveitar melhor o clima de paixão. A água acaba chegando até o cinema. O velho percebe que seu cabelo começou a crescer depois que o anfíbio tocou em sua cabeça e que sua ferida sumiu sem deixar marcas. Giles abre a porta do banheiro, a água sai bruscamente revelando o casal apaixonadamente abraçado. O amigo considera isso super natural e fecha a porta lenta e ternamente.

A chuva começa indicando que o canal será aberto em breve. Os russos planejam a extração do cientista. Elisa percebe que seu par está ficando doente. O general exige uma resposta do chefe de segurança e o ameaça. Elisa se imagina como cantora de um musical e dança com a criatura. O Chefe de seguranca segue o cientista até o ponto de extração e vê o cientista ser baleado pelos russos. Mata os russos e  tortura o cientista até que ele dá a entender que isso foi feito por alguem da limpeza.

Ele vai até a casa de Zelda e a ameaça enquanto arranca os dois dedos putrefatos. O marido de Zelda que assiste a cena dá com a língua nos dentes e conta tudo. Zelda liga para Elisa. O chefe chega a casa de Elisa mas não encontra ninguém. Ele vê uma anotação no calendário.

Elisa e o velho carregam a criatura para o canal e se despedem sob a chuva. O chefe chega derruba Giles e dá dois tiros na criatura e mais um em Elisa. Os dois caem lado a lado. O velho se levanta e atinge o chefe com um pedaço de madeira. A criatura se cura, se levanta, vai até o chefe e corta sua garganta com suas garras. Zelda chega com a polícia. A criatura pega Elisa no braços e se joga nas águas do canal. A criatura beija Elisa soba a água e as marcas no pescoço se revelam guelras. Elisa acorda e respira. Eles ficam abraçados.

Comentários

++ DA SEMANA

Atos de Vingança - Antonio Banderas

Embaixada da Alemanha divulga vídeo contra o nazismo

Justiça pune juiz bandido com aposentadoria

Vingança fatal contra a Yakusa carioca

Aves incendiárias na lista de animais perigosos

Narrativa do filme - Natal em El Caminho

Neoliberalismo e frustração sexual

Solenidade das Pessoas Que Não Roubam