Postagens

Comentários sobre economia e gasto público

Imagem
"De acordo com especialistas de plantão ouvidos pela nossa amada emissora de TV, a redução do gasto público pode fazer o PIB despencar significativamente. No entanto, esse impacto negativo pode ser compensado de maneira indireta, já que quando o governo aperta o cinto, o povo tende a gastar mais favorecendo o superavit primário." 
"Cortar gastos é uma forma de agradar o mercado já que o dinheiro que deixou de ser gasto em educação, saúde, segurança, estradas e programas sociais é quase sempre destinado ao pagamento de juros dos títulos dos investidores. Isso acaba atraindo diretamente mais investidores que desejam ganhar muito sem fazer nada e com um risco de perda insignificante.""Num cenário onde o mercado está satisfeito, as empresas e as famílias também sentem mais confiança na economia do país e tendem a consumir mais quando percebem o esforço do governo em controlar as contas públicas. Assim, elas acabam gastando mais na farmácia, na contratação de capan…

A Forma da Água - The Shape of Water

Imagem
Essa historia acontece um pouco antes do governo americano afirmar ter viajado à lua. Uma fantasia puxa a outra e chegamos a nossa romântica e carente heroina muda cujo passado a ligava com a água por algum motivo desconhecido. A água estava em seus sonhos e em seus prazeres. Elisa era uma moça simples, com poucos amigos, que trabalhava fazendo limpeza num laboratório militar durante o turno da noite. Numa certa noite o laboratório recebe uma nova equipe e uma nova forma - uma criatura anfíbia com forma humana. Na noite seguinte Elisa conhece o chefe de seguranca da equipe. Ele tinha uma arma de choque ensanguentada. Mais tarde ouve gritos num corredor - o chefe de seguranca foi ferido pela criatura e perdeu dois dedos da mão esquerda. Elisa e sua colega negra Zelda são chamadas para limpar o sangue espalhado pelo local e encontram os dois dedos. A amiga sai para chamar ajuda e nesse momento Elisa visualiza o corpo da criatura se movimentando dentro de um tanque transparente.
Apesa…

Stallone Cobra e a horda do mundo novo

Imagem
Algo não está funcionando bem na sociedade e uma das formas de perceber isso são os altos índices de criminalidade onde as vítimas são contadas por segundo. Essa história começa quando um motoqueiro armado entra num supermercado e começa a atirar a esmo, matando um cliente e fazendo outros reféns. O local é cercado por policiais e após as tentativas de negociação falharem o departamento de polícia convoca o tenente Marion Cobretti, um membro da divisão de elite conhecida como "Esquadrão Zumbi" - os últimos da fila - os que fazem o que ninguém mais quer fazer - ou não tem coragem para fazer. 
Cobretti, conhecido pelo nome de código "Cobra", infiltra-se no supermercado, localiza o matador e num diálogo ouve o assassino falar de uma organização conhecida como "O Novo Mundo" - um grupo de radicais supremacistas brancos que desprezam a sociedade moderna e acreditam que a solução dos problemas sociais passa por matar os considerados fracos, deixando apenas os …

Empreiteiro ajuda malabarista em sinal de trânsito e emociona

Imagem
Vivemos em dias tão corridos e cheios de tensão com horários a cumprir e trabalho a fazer que um gesto de solidariedade e de amor ao próximo se tornou coisa rara nos dias de hoje. Temos dificuldade em acreditar quando alguém relata algum caso ou outro nas redes sociais. Logo pensamos que se trata de uma história inventada com algum objetivo que não é sabido por nossas mentes laborais que só pensam em trabalhar por um salário de fome e tentar pagar as contas necessárias.  Mas essa história eu mesmo assisti e depois de entender a profundidade do gesto quase chorei confiante com a certeza de que a humanidade ainda não está perdida. Eu estava com a moto parada no sinal, num dia de calor terrível, quando percebi no outro cruzamento um malabarista com os sapatos rasgados e roupas bem gastas fazendo sua arte por uns míseros trocados doados eventualmente por pessoas desconhecidas que assistiam aos malabares voarem de mão em mão como se dançassem em vão, a sinfonia para o f…

Devemos castigar o filho que pratica bulling?

Imagem
Se todas as pessoas fossem boas o mundo seria um paraíso, mas, como a concepção de bem difere dependendo de quem o define, o bem pode ser algo muito complexo. Imagine uma sala de aula com cerca de duas duzias de crianças na faixa etária de doze anos, todos influenciados diariamente pela mídia, principalmente seus programas televisivos tidos como "humorísticos", mas com utilidade duvidosa como sai de baixo, pânico e assemelhados. Nessa situação seria normal, mas não natural, a constatação da prática recorrente de bulling.  Pois bem, um pai toma conhecimento de que seu filho de onze anos é um assíduo praticante de bulling contra determinado colega escolar e resolve castigá-lo mostrando que insultar, agredir e ridicularizar os outros é errado. Para isso o pai adota como castigo fazer o garoto descer do carro num dia de chuva e ir a pé para a escola que fica distante cerca de dois quilômetros. No entanto o castigo não se limitou a isso. O pai filmou a caminhada …