O Mercado financeiro quer apenas seu bem

Parece piada mas não é. O mercado financeiro diz estar interessado no seu bem estar. Por falar nisso, você conhece o mercado financeiro? Já deve ter ouvido expressões como: "o mercado financeiro acordou de mau humor e as bolsas de valores despencaram, trazendo prejuízos enormes para os investidores", "o mercado financeiro curtiu a possibilidade de anulação da delação", "o mercado ameaça reagir violentamente se governo taxar grandes fortunas." Para quem tiver interesse em conhecer esse meio nada filantrópico indico o filme "O Lobo de Wall Street" onde o personagem Jordan Belfort, um ambicioso corretor da bolsa de valores cria um verdadeiro império, enriquecendo de forma rápida e ilegal, com muita droga e sacanagem. 
lobo de wall street, festa, reforma previdencia,
Eles já estão comemorando as reformas.
Pois bem, uma das filiais do Jornal Lorotas do Amanhã, publicou recentemente um texto de autor desconhecido, no qual afirma que "cem por cento das pessoas que atuam no mercado financeiro concordam que a reforma da Previdência é uma necessidade vital para o Brasil, pois somente com ela teremos o equilíbrio nas contas do governo e com isso garantir um futuro digno para as próximas gerações de aposentados." O bom da democracia é que até o lobo pode dar opinião mas convenhamos que é importante avaliarmos bem quem fala e seus argumentos como forma de não sermos ludibriados de forma estapafúrdia. 

É sabido que os juros escorchantes contaminam a economia sendo que em muitos casos os governos preferem gastar mais em juros pagos ao tal mercado financeiro do que investir em saúde, educação, segurança, saneamento, moradia, etc. Naturalmente o mercado financeiro quer continuar ganhando muita grana na farra da especulação e se o governo deve dinheiro no mercado, nada mais lógico do que o mercado querer que o governo reduza os custos sociais como forma de sobrar mais dinheiro para pagar os juros especulativos. 

O texto traz 25 pontos misturando super aposentadorias dos marajás com salário mínimo dos pobres na tentativa de fazer o leitor crer que é uma boa a população pobre sentar na graxa trabalhando mais para talvez se aposentar com um salário mínimo, que pode acabar se tornando até menos que o salário mínimo. 

E num jogo mais porco ("porco/lobo" entenderam?) ainda, sugere que há uma escala progressiva onde quem está por se aposentar no futuro vai sentar na graxa progressivamente conforme o passar dos anos. É algo como:
você pobre, vai ser prejudicado hoje, mas não ligue que os maiores prejudicados serão as pessoas do futuro - seus filhos e parentes. 
O texto está disponível na internet para quem quiser ler e tirar suas conclusões. O mercado financeiro é um poder consolidado que influencia, em favor próprio ou de seus investidores, muitos governos fracos. Por isso defendem as reformas, sejam elas da previdência ou trabalhista. Se você for um investidor, sabe o quanto é importante para você que essas reformas aconteçam. Mas é essencial que ela inclua os pobres pois o mercado financeiro quer apenas seu bem.

Comentários

++ DA SEMANA

Atos de Vingança - Antonio Banderas

A história do filme Desejo de Matar original

Vingança fatal contra a Yakusa carioca

A Forma da Água - The Shape of Water

Narrativa do filme: Um dia de fúria - parte 1

Empreiteiro ajuda malabarista em sinal de trânsito e emociona

A história da balada do pistoleiro - desperado

Como aumentar os neurônios no cérebro

Stallone Cobra e a horda do mundo novo

Narrativa do filme: Um dia de fúria - parte 2