Uma terra violenta com pessoas violentas

Um simples e despretensioso ato pode ter resultados inesperados. Paul que o diga, pois, inicialmente ele queria apenas chegar ao México montado em seu cavalo e acompanhado de sua cadela Abby. Se ele tivesse utilizado outro caminho, muitas mortes teriam sido evitadas. Mas como não é possível adivinhar os eventos que se sucederiam, quase um terço dos habitantes da cidade de Denton morreram a bala em consequência de pequenos atos isolados. 
Ethan Hawke, John Travolta, terra violenta, in the valley of violence

Inicialmente Paul e os animais seguem pelo deserto até encontrarem no caminho, um padre, que inicia a conversa pedindo ajuda pois, segundo ele, sua mula precisa ser sacrificada. Ao se aproximar o padre saca um revolver e tenta assaltar Paul. Se o padre tivesse o matado, nossa história teria apenas uma morte. Mas não matou porque a cadela salta e abocanha o braço do padre, desarmando-o. Com a situação invertida, Paul pega algumas coisas do padre e segue sua viagem ao México, passando por uma pequena cidade chamada Denton. 

Lá, vai até o armazém mas encontra um aviso dizendo que o dono voltará em uma hora. Ele pede à cadela que avise quando o dono chegar e se dirige ao bar próximo. Se Paul não fosse ao bar, nossa história também não teria mortes. Dentro do bar há quatro pessoas: o balconista, um vendedor de revólver e três "clientes". Paul chega ao balcão e pede uma tigela de água. 

O vendedor faz propaganda de dois revólveres aos três presentes. Um deles, Gilly, pega as armas e provoca Paul que se mantém quieto no balcão. Ao ser ignorado Gilly fica cada vez mais nervoso e descontrolado. Se Gilly não tivesse complexo de inferioridade ninguém morreria. Mas ele sai do bar e chama Paul para a briga e a todos da cidade, incluindo sua noiva, para assistir. Nisso Abby late avisando que o dono do armazém chegou. 

Gilly vê a cadela e vai em direção à ela, dando a entender que a machucaria. Isso faz com que Paul saia do bar, vá até o valentão e desfira um soco em seu nariz. Os dois capangas sacam as armas mas são impedidos por um terceiro capanga. Paul entra no armazém e pega algumas coisas. Se Paul fosse embora não haveria mais mortes, provavelmente. Em vez disso, ele se dirige ao hotel da noiva de Gilly. Lá conhece a irmã da noiva, Mary Anne e pede por um banho. Mary Anne por não gostar de Gilly, concede também um banho à Abby e fica interessada em Paul. 

Após o banho, já na saída do hotel, Paul encontra o xerife Clide que é pai de Gilly. Após uma breve conversa, o xerife diz para Paul ir embora e não voltar mais. Paul sai da cidade e como já está anoitecendo acampa próximo à cidade. Se Paul tivesse acampado mais longe, não teríamos mortes. Mais tarde, Paul acorda com latidos de Abby e vê a cadela ser baleada. 

Sem tempo de reação Paul é cercado por Gilly e outros três capangas. Gilly saca uma faca e termina de matar Abby, ignorando os pedidos de clemência de Paul. Então Paul é levado à uma ribanceira e jogado lá de cima. Se eles tivessem matado Paul ou se Paul tivesse seguido para o México após a queda, ainda teríamos menos mortes. Paul acordou ferido na manhã seguinte, enterrou Abby e percebeu que haviam levado seu cavalo. Então se dirigiu novamente a Denton. 

No caminho, encontrou novamente o padre. Desta vez o padre dá três tiros em direção à Paul, mas erra. Paul pega a mula e a arma e segue em direção à cidade. Ao se aproximar de uma casa, percebe que é onde Mary Anne mora. Após um tempo parte à procura de Gilly e os capangas. Em seguida Mary Anne chega ao hotel e acaba indo preparar um banho para um dos capangas de Gilly. 

Paul encontra o capanga na banheira e o mata cortando seu pescoço. A irmã de Mary Anne vê o cadáver ensopado de sangue e começa a gritar fazendo com que o xerife e os demais cheguem ao quarto e descubram que estão sendo caçados porque mataram a cachorra de Paul. O xerife manda Gilly proteger as mulheres no quarto e sai com os outros dois capangas. 

Um deles sobe no terraço de uma casa enquanto o xerife e o outro tentam chegar a outro local. Paul encontra o homem que subiu no terraço, era o terceiro capanga que o protegeu no episódio do soco em Gilly, e um dos que o empurrou no penhasco. O homem diz que tem uma filha e pede que Paul o poupe. O xerife e o outro chegam a uma casa quando ouvem um tiro e veem o corpo morto do capanga despencar no chão. 

No quarto, a noiva de Gilly tenta evitar que ele saia e diz que está grávida. O homem que acompanha o xerife está próximo a uma janela, é atingido por um disparo de Paul e morre. O xerife sai da casa procurando Paul. Eles se encontram alinhados na rua: Paul de um lado, o xerife no meio e Gilly chega do outro lado. O Xerife tenta uma solução sem mortes, larga a arma e mas alguém começa a atirar. O xerife acaba alvejado dos dois lados e morre. 

Paul leva um tiro e se esconde num galpão. Gilly vai atrás e ao entrar no galpão é laçado pelo pescoço. Paul puxa a corda levantando Gilly do chão, mas não aguenta e solta a corda. Os dois estão caídos e exaustos até que Gilly se levanta, pega o revólver e aponta para Paul. Mary Anne chega por trás e dispara contra Gilly, que morre. Mary Anne ajuda Paul a chegar ao hotel. O padre chega a pé e vê o cenário de mortes. Várias pessoas estão na rua. A cidade tinha 15 habitantes. Cinco estão mortos por bobagem.

Comentários

++ DA SEMANA

Movimento ético quer receber sem doar

Homem na lua, Terra plana e reformas

Não perca as promoções da Black Friday